Esporte

Natação são-carlense mostra força e Giovana Pegion é campeã paulista petiz

Nos 100 metros borboleta, atleta da LCN/Aquário Fitness cravou 1m17s23 e volta para casa com a medalha de ouro no peito

 

Marcos Escrivani

 

Trabalho concluído com êxito e meta alcançada. Com este sentimento, o técnico Mitcho Bianchi, bem como Giovana de Paula Pegion retornam para São Carlos, após a conquista do título paulista petiz alcançado pela são-carlense nos 100m borboleta. Ela cravou 1m17s23. Mirella Colloca Vaz também esteve na competição, mas não conseguiu o tão sonhado pódio.

 

 

A LCN/Aquário Fitness, que ficou na 20ª colocação, esteve presente no Campeonato Paulista Petiz ocorrido de 24 a 26 de novembro na piscina de 50 metros do S.C. Corinthians Paulista. A competição teve recorde de inscritos. Foram 439 nadadores (201 meninas e 238 garotos) de 30 clubes de todo o estado.

 

Além da medalha de ouro nos 100m borboleta, Giovana foi 10ª colocada nos 100m costas (1m23s72) e 100m livre (1m12s66). Mirella ficou em 9º lugar nos 200m medley (2m59s61) e 400m livre (5m27s81) e 10ª colocada nos 200m livre (2m41s38).

 

 

 

EMOCIONANTE

 

“Confesso que foi um dos campeonatos mais emocionantes em que estive presente”. Com esta frase, Mitcho Bianchi procurou explicar os três dias em que esteve lado a lado com Mirella e Giovana na capital paulista. “Pensar que escalamos mais um degrau nesta temporada e temos duas nadadoras na elite da natação paulista”, complementou.

 

Mitcho elogiou o desempenho de Mirella, principalmente nos 400m livre, quando melhorou seu tempo em 11 segundos. “Mas o campeonato é forte e somente as melhores estiveram presentes”, afirmou.

O

técnico são-carlense lamentou apenas o cansaço que a atleta sentiu na manhã de domingo em sua principal prova, os 200m livre. “Ela não conseguiu reeditar suas melhores performances. Mas a Mirella foi exemplar e dedicada. Faz parte do aprendizado”, comentou.

 

Quanto a Giovana, Mitcho disse que o desempenho foi impressionante. Em sua principal prova, os 100m borboleta, teve como adversária a campeã sudeste (praticamente um torneio nacional). “Com uma oponente de porte, a Giovana conseguiu a vitória. No meio do ano é também venceu o Kim Mollo”, afirmou.

 

RECONHECIDAS

 

Agora Giovana e Mirella passam a ser reconhecidas em todo o Estado diante de conquistas expressivas. “Isso é maravilhoso e emocionada. Enche os olhos de lágrimas ver o empenho dessas meninas”, disse Mitcho.

Segundo o técnico, a partir de agora a responsabilidade aumenta ainda mais e planejar 2018, quando ambas estarão na categoria Petiz II torna-se fundamental. “É a sequência do trabalho. Vamos trabalhar mais forte ainda para permanecer entre as melhores do Estado”, garantiu Mitcho.

 

COMO TÉCNICO

 

O treinador são-carlenses fez questão de afirmar ainda que 2017 é o melhor ano de sua carreira como técnico diante das vitórias conquistadas.

“Na natação ACD (atletas com deficiência) tivemos campeão paulista e brasileiro. Além dos Regionais e Abertos. A equipe convencional também acumulou títulos regionais e agora um título paulista. Estou imensamente feliz. E se chegamos até aqui é graças ao apoio dos pais, das pessoas que nos acompanha, dos atletas e da imprensa. Só tenho a dizer um muito obrigado”, finalizou.

 

A LCN/Aquário Fitness tem a parceria da Fundação Educacional São Carlos (Fesc) e Secretaria Municipal de Esportes e Recreação (Smel).

 

Galeria

Comentários

Publicidades

Mais Vistas

1

Advogado é o primeiro deficiente visual a receber carteira da OAB em São Carlos

2

Novo Golf produzido no México começa a chegar às concessionárias Volkswagen no Brasil

3

Ganhadores do Oscar nas principais categorias

4

Projeto Empreender realiza I Mega Bazar Itinerante

5

Liquidação Fantástica levará milhões de pessoas ao Magazine Luiza nesta sexta-feira