Educação

Projeto Pequeno Cidadão realiza 17ª formatura com 23 formandos em São Carlos

Durante a festividade teve apresentação musical, artesanal, danças, entrega de certificado aos formandos e sorteios. (fotos: Abner Amiel).

 

Abner Amiel

 

O Projeto Pequeno Cidadão realizou nesta quinta-feira (30) a 17ª formatura. A coordenadora pedagógica Elaine Trimer, junto da gerente de Cidadania, Inclusão e Diversidade da KPMG, Eliana Momesso, do vice-prefeito da USP de São Carlos, professor Sérgio Paulo Campana Filho, do superintendente de Assistência Social da universidade, professor Fábio Muller Guerrini e familiares compareceram ao Salão de Eventos da Universidade para festejar o final de um ciclo da vida de 23 adolescentes.

 

Durante a festividade tiveram apresentação musical, artesanal, danças, entrega de certificado aos formandos e sorteios. Além disso, como é comum todos os anos, o Projeto Pequeno Cidadão fez o anúncio do Prêmio Bessan, que oferece bolsas de estudos em um colégio particular local, financiado pela KPMG. Os vencedores desta edição foram Eliezer Henrique da Silva e Emily Silva Florencio.

 

“A formatura é o momento de festa, onde nossos alunos se despedem do projeto e iniciam uma nova fase, levando consigo um pouco de cada momento desses quatro anos passados", disse a coordenadora pedagógica Elaine Trimer. "Desejamos a cada um deles muito sucesso, um futuro lindo pela frente e que eles saibam colocar em prática todos os ensinamentos que receberam, que sejam pessoas “do bem”, que retribuam a sociedade um pouco daquilo que receberam e se tornem cidadãos ativos em sua comunidade, que tenham uma profissão e se realizem nela”, acrescentou. O ciclo de quatro anos dos formandos termina aos 14 anos.

 

Galeria de fotos no final da matéria

 

O vice-prefeito da USP, professor Sérgio Paulo Campana Filho, por sua vez, sublinhou que umas das missões da USP é apoiar projeto de cunho social. “O Projeto Pequeno Cidadão é a prova que a USP cumpre uma das suas missões mais importante, que é ter uma interface viva e ativa com a sociedade. Contribuir para a formação cidadã  desses adolescentes é extremamente gratificante”, confidenciou.

 

Já para o superintendente de Assistência Social da USP, professor Fábio Muller Guerrini, o Projeto Pequeno Cidadão abre a porta da Universidade para a comunidade de São Carlos. “Projeto como esse ele tem um componente fundamental no desenvolvimento da sociedade. Primeiro cria um vinculo entre a USP e comunidade local e abre uma porta para que crianças conheçam a universidade e saibam que ela está aberta à população e é um projeto que visa a formação do cidadão”.

 

Formando cidadãos

O que tem surpreendido os patrocinadores e apoiadores são os resultados. Depois de passarem pelo projeto, as vidas de muitas crianças de origem humilde mudaram e o Projeto Pequeno Cidadão serviu de trampolim para lançá-las no universo do esporte e da universidade.

Rafael Miranda Correa, de 23 anos se formou em 2008 hoje é atleta Triathlon. Ele teve o primeiro contato com o esporte no projeto. “A primeira vez que fiz atletismo foi aqui na USP.O projeto deu uma contribuição enorme para minha vida e para que faço hoje, me ajudou em várias etapas, sou muito gratos aos professores e por todos que apoiam”, contou.

Outro exemplo é Adriele da Silva Santos, que se formou em 2008 e cursou Design Interiores e disse que vai terminar o curso de  Arquitetura. “Eu gosto   bastante de desenhar,  eu fica desenhando na aula de artes  aqui no projeto e quis me aprofundar nessa área e  vou terminar arquitetura. Eu pretendo  fundar uma pequena empresa”.

A gerente de Cidadania, Inclusão e Diversidade da KPMG, Eliana Momesso, disse que empresa patrocina o Projeto Pequeno Cidadão porque busca inspirar confiança e empoderar mudança. “Não tem nada mais alinhado do que patrocinar um projeto que  fortalece a auto-estima , a confiança das crianças para que elas possam ser protagonistas das suas vidas e ter um futuro brilhante. Educação a base da construção e por isso faz sentido a KPMG apoiar como vem fazendo nos últimos 21 anos”, ressaltou.

 

Projeto Pequeno Cidadão

Promovendo a cidadania, o Projeto Pequeno Cidadão visa o incentivo à criança, através da formação educacional e encaminhamento profissional dos adolescentes. Atende anualmente 220 crianças e adolescentes, com idades entre 10 e 14 anos, em situação de vulnerabilidade econômica. Oferece atividades culturais, sociais e esportivas

O Projeto Pequeno Cidadão é coordenado pelo professor Edmundo Escrivão Filho e tem em seu quadro a psicóloga social Gloria Izildinha Sanches de Lima, a educadora de arte educação Amanda Cristina Murgo, a auxiliar de biblioteca Lidiani Cristina Gagliardi, a educadora  de práticas esportivas Camila Soler Morasco, a educadora Empreendedorismo Emiko Emille e auxiliar Administrativa Nélia Ap. Zaninetti de Almeida e três bolsistas.

 

Galeria

Comentários

Publicidades

Mais Vistas

1

Cirurgia será transmitida em tempo real, via internet, do Centro Cirúrgico da Santa Casa

2

Liquidação Fantástica levará milhões de pessoas ao Magazine Luiza nesta sexta-feira

3

Bolsonaro amanhece com batom, maquiagem, brincos e colares em outdoor em São Carlos

4

Novo Golf produzido no México começa a chegar às concessionárias Volkswagen no Brasil

5

Advogado é o primeiro deficiente visual a receber carteira da OAB em São Carlos