Automóveis

Estado de SP tem 8.504 carros russos, diz Detran.SP

obustos, veículos da Lada foram os primeiros a desembarcar no Brasil após retomada das importações, em 1990, mas sofreram críticas pela qualidade do acabamento e problemas no carburador

 

Vai acompanhar Copa na Rússia? Tá sabendo que carros russos circulam por aqui? Em outubro de 1990, logo que foram retomadas as importações de veículos, a Lada (ainda pertencente à União Soviética) foi a primeira marca estrangeira a desembarcar no Brasil. No sistema do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP), constam 8.504 exemplares registrados no Estado.

 

 

 

AS 10 CIDADES COM MAIS REGISTROS

 

 

1

 

 

São Paulo

 

 

3.825

 

 

2

 

 

São Bernardo do Campo

 

 

297

 

 

3

 

 

Campinas

 

 

245

 

 

4

 

 

Santo André

 

 

224

 

 

5

 

 

Sorocaba

 

 

170

 

 

6

 

 

São José dos Campos

 

 

145

 

 

7

 

 

Guarulhos

 

 

144

 

 

8

 

 

Osasco

 

 

111

 

 

9

 

 

Piracicaba

 

 

87

 

 

10

 

 

Santos

 

 

81

 

 

 

 

 

Havia três modelos: o jipe 4x4 Niva, o hatch Samara e o Laika (sedã e perua).

 

 

Robustos e simpáticos, os carros fizeram sucesso no início, mas, com o tempo, os brasileiros passaram a criticar a qualidade do acabamento e sofrer com problemas no carburador, não adaptado à gasolina nacional com álcool. As importações foram caindo, caindo, caindo e acabaram suspensas em 1995.

Mas ainda hoje um deles, o Niva, tem admiradores por aqui. Existem fã-clubes do jipinho em todo o país.  Há rumores de que ele voltará, desta vez fabricado no Brasil. A ver!

Galeria

Comentários

Publicidades

Mais Vistas

1

Bolsonaro amanhece com batom, maquiagem, brincos e colares em outdoor em São Carlos

2

Liquidação Fantástica levará milhões de pessoas ao Magazine Luiza nesta sexta-feira

3

Novo Golf produzido no México começa a chegar às concessionárias Volkswagen no Brasil

4

Advogado é o primeiro deficiente visual a receber carteira da OAB em São Carlos

5

Cirurgia será transmitida em tempo real, via internet, do Centro Cirúrgico da Santa Casa