Turismo

NOTAS DO TURISMO PAULISTA

ÉPOCA DE “FUNDUE”

Neste inverno, principalmente em cidades como Campos do Jordão, é a época ideal para saborearmos um “Fundue”. Até existem casas especializadas em alternativas com essa delícia gastronômica a qual, no entanto, não é muito antiga.

Nos Alpes suíços era jogado fora o queijo não vendido porque, com a chegada do inverno, ele ficava excessivamente duro.

Há poucos anos, alguém teve a idéia de derreter esse queijo que seria jogado fora e, para sua melhor conservação, experimentaram adicionar vinho, ou um destilado de cerejas, ou outro produto alcoólico qualquer.

O queijo, assim misturado, podia ficar duro que não se perdia. Quando quisessem, era só voltar a derreter a mistura.

Ao fazer a experiência com tudo derretido num caldeirão, alguém, para experimentar, afundou um pedaço de pão usando um pequeno espeto. Estava criada, então, uma nova paixão nacional Suíça com muitos adeptos no Brasil.

 

RIOS E LAGOS

Uma belíssima e aconchegante região que você precisa conhecer por completo é a que está no Noroeste do Estado de São Paulo.

Ali temos inúmeras cidades com miríades de lugares para você curtir, e sempre com um clima muito agradável. Média anual de 29ºC.

Na região temos os ‘Grandes Lagos’, um surpreendente polo de turismo receptivo localizado em bacia hidrográfica banhada pelo rio Tietê, rio Grande e rio Paraná e outros afluentes. A paisagem na região é exuberante. Em ao menos 300 dias por ano o sol ali está brilhando.

 

ÁQUAS QUENTES E LIMPAS

As águas dessa região Noroeste paulista além de abundantes não são poluídas e as várias represas da região colaboram para dar um colorido especial.

Há um lençol de águas quentes que brota generosamente a uma temperatura de 60ºC. É o mesmo lençol que depois vai para Caldas Novas, em Goiás.

Com toda aquela água, não faltam bons peixes como o tucunaré, o mandi, o pacu-prata, o barbado e o pintado. Com isso, além dos hotéis da região, são incontáveis as casas de veraneio às margens de tão generosas águas. Muitas são alugadas para temporadas.

 

PAULO DE FARIA

Aqui está uma cidade cuja administração atual se preocupa com os aspectos do turismo local. Até aproveitando que no próprio município o turista encontra a Estação Ecológica, localizada às margens do reservatório formado pela barragem de Água Vermelha, na Bacia Hidrográfica do rio Turvo e do rio Grande.

A Estação Ecológica de Paulo de Faria foi a primeira do gênero no Estado de São Paulo, criada para oferecer refúgio à fauna e flora da região.

Foi instituída por ser um dos poucos remanescentes da floresta estacional, já rareando naquela região. Certamente, presta inestimável contribuição para a realização de pesquisas básicas e aplicadas do meio ambiente e ao desenvolvimento da educação conservacionista.

São belas as paisagens que se descortinam em Paulo de Faria, cidade que oferece a sua praia artificial e bons passeios por seu município. Com o apoio da administração municipal, o turismo receptivo está se organizando, mas já está apto para receber a sua visita.

Aliás, é terra onde se encontra excelentes dançarinos de Catira, que conserva viva a sua Folia de Reis e tantos outros atrativos que só o Interior sabe oferecer.

Galeria

Comentários

Publicidades

Mais Vistas

1

Bolsonaro amanhece com batom, maquiagem, brincos e colares em outdoor em São Carlos

2

Liquidação Fantástica levará milhões de pessoas ao Magazine Luiza nesta sexta-feira

3

Advogado é o primeiro deficiente visual a receber carteira da OAB em São Carlos

4

Novo Golf produzido no México começa a chegar às concessionárias Volkswagen no Brasil

5

Ganhadores do Oscar nas principais categorias