Social

São-carlerses encontram no tiro esportivo refúgio contra estresse e ansiedade

Cerca de 390 são-carlenses buscam aos finais de semana fugir da rotina diária cheia de estresse e ansiedade no clube de tiro esportivo Cate Valenti, instalado na região do Jardim Tangará.

O local é assiduamente freqüentado às quintas-feiras e sábados por empresários, médicos, advogados, servidores públicos, dentre outros profissionais, que se aliaram à prática para combater o estresse, ansiedade e adquirirem auto-cotrole e disciplina. Do total de filiados, 45 são mulheres e 14 adolescentes.

“Muita vezes temos uma semana atribulada e chega uma quinta-feira eu venho para desestressar, é uma delícia tirar toda tensão da semana aqui no estande”, disse o advogado Dr. Gustavo José Torres de Mendonça.

O local foi criado há um ano e meio pelo instrutor de tiros e investigador da Polícia Civil Lúcio Jose Valenti. Lúcio vislumbrou que São Carlos era carente da prática esportiva de tiros voltada para família. Mas tinha um entrave: derrubar o misticismo que existe por trás do esporte.

“Um dos maiores desafios nosso era acabar com o misticismo que existe em cima da arma de fogo, que normalmente é associada à criminalidade, violência. Queremos demonstrar que a prática pode ser uma modalidade  olímpica que já existe em países mais desenvolvidos que o Brasil”.

O Cate Valenti não é apenas um clube de tiro. Ele é um Centro, tendo em vista que tem instalado o clube esportivo (com cinco instrutores), uma loja de arma e um departamento jurídico especializado em armas. E para se tornar um filiado não é tão fácil. Existem três etapas: exame psicológico, um curso, teste de tiro e para se tornar um atleta o aluno é avaliada pelo exército, órgão que também regula a atividade. Ser tiver antecedente criminal, o aluno já é barrado antes mesmo de fazer o exame psicológico. Se for aprovado, em uma média de oito meses o exército o oficializa como atirador esportivo.

 E não para por aí. O Cate Valenti em breve vai trazer uma novidade. A estrutura está passando por uma ampliação. “Vamos trazer o IPSC (International Practical Shooting Confederation), esporte americano de circuito, voltado para crianças e mulheres”, antecipou o empresário Lúcio.

Galeria

Comentários

Publicidades

Mais Vistas

1

Cirurgia será transmitida em tempo real, via internet, do Centro Cirúrgico da Santa Casa

2

Liquidação Fantástica levará milhões de pessoas ao Magazine Luiza nesta sexta-feira

3

Bolsonaro amanhece com batom, maquiagem, brincos e colares em outdoor em São Carlos

4

Novo Golf produzido no México começa a chegar às concessionárias Volkswagen no Brasil

5

Advogado é o primeiro deficiente visual a receber carteira da OAB em São Carlos