Automóveis

Fábrica da Volkswagen em São Carlos supera meta global de programa de sustentabilidade

Fábrica da Volkswagen em São Carlos supera meta global de programa de sustentabilidade com redução em mais de 37% no uso de recursos

  • Unidade é a primeira fábrica da Volkswagen do Brasil a superar a meta do programa global “Think Blue.Factory”
  • O programa visa, entre 2010 e 2018, reduzir em 25% o consumo de água e energia, a geração de resíduos do processo produtivos enviados para aterro, as emissões de CO2 e de solventes
  • Considerando a média das fábricas da marca Volkswagen ao redor do mundo no fechamento do ano de 2015, o uso de recursos ambientais já foi reduzido em 25,3%
A fábrica da Volkswagen do Brasil em São Carlos reforça, mais uma vez, seu compromisso com a sustentabilidade, ao ser a primeira unidade da Volkswagen do Brasil a superar, com quase dois anos de antecedência, a meta do programa global “Think Blue.Factory”, com a redução até o primeiro semestre de 2016 em mais de 37% no uso de recursos entre 2016 e 2010, por motor produzido. O cálculo foi feito a partir da média dos indicadores ambientais do programa, que visa reduzir em 25% o consumo de água e energias, a geração de resíduos do processo produtivos enviados para aterro, as emissões de CO2 e de solventes, por veículo produzido, até 2018 em comparação com 2010.

“Os resultados ambientais nas nossas fábricas, com destaque para São Carlos, refletem o comprometimento do Brasil com o programa “Think Blue.Factory”, que  evidencia que a proteção ambiental está integrada à companhia no mesmo nível em que a qualidade, eficiência e poder de inovação”, disse Celso Placeres, diretor de  Engenharia de Manufatura da Volkswagen do Brasil.

A meta foi superada principalmente a partir da geração de resíduos e da redução das emissões de CO2, por meio de novos contratos que exigem o fornecimento de energia elétrica proveniente de fonte renovável; com isso a fábrica reduziu em 100% o indicador de emissão de CO2. 

Com relação a geração de resíduo, a queda no primeiro semestre foi de mais de 50%; avanço conquistado a partir de ações como a alteração de destinação do resíduo do restaurante, que passou a ser encaminhado para compostagem, processo responsável por transformar o material orgânico em adubo, ao invés de ser enviado a aterros. Além disso, a unidade implementou novas áreas para separação e armazenamento de produtos como embalagens plásticas e materiais de escritório, como o papel,  e realizou campanhas de conscientização com os colaboradores sobre a preservação do meio ambiente e formas corretas de separação e destinação do lixo.

“O consumo consciente dos recursos naturais é nossa prioridade e com o programa global somos incentivados a implementar ações para tornar os nossos processos produtivos cada vez mais sustentáveis, com grandes ganhos ambientais, diminuindo cada vez mais os desperdícios”, explica Andreas Hemmann, gerente executivo da unidade de São Carlos. 

O avanço na área de meio ambiente é consequência do programa de Gerenciamento de Resíduos da companhia, que busca ampliar a reciclagem por meio da padronização dos trabalhos de acordo com as normas ambientais e os procedimentos do seu SGA (Sistema de Gestão Ambiental). 

Mundialmente, a marca já alcançou a meta de seu programa global; considerando a média de suas fábricas ao redor do mundo, o consumo de recursos já foi reduzido em 25,3%, ao comparar o resultado de 2015 com 2010. Com o “Think Blue.Factory”,a Volkswagen lançou o primeiro programa ambiental global para a produção automotiva. Desde então, os recursos têm sido utilizados de forma mais eficiente e as emissões reduzidas de forma eficaz, ano a ano, em todo o mundo.

Sustentabilidade


O tema sustentabilidade se faz presente desde o início das atividades da fábrica de São Carlos, que foi a primeira unidade do Grupo Volkswagen fora da Europa a conquistar o certificado ambiental ISO 14001, em 1997, e se tornou referência em gestão ambiental para as demais unidades na América do Sul.

Com a maior área verde entre as fábricas da Volkswagen do Brasil, em um total de 730 mil m², a fábrica de São Carlos possui 18,6 hectares de área verde legal. Preservando o cerrado, adota práticas sustentáveis permanentes por meio do reflorestamento da mata nativa, visando a preservação ambiental.

Em 2015, conquistou avanços significativos em preservação dos recursos naturais e consumo consciente. A unidade implementou diversos projetos para redução do consumo de água e energia elétrica, sob a coordenação de um comitê interno composto por executivos e empregados de todas as áreas da unidade. Um dos projetos de destaque consiste na captação da água de chuva para ser utilizada na torre de resfriamento, que é usada para reduzir a temperatura das máquinas no processo produtivo.

Nas linhas de produção dos motores da família EA 211, da qual faz parte o TSI, é aplicado o conceito do MQL (Mínima Quantidade de Líquido), que reduz em 80 vezes a necessidade de água no processo de usinagem, responsável por transformar os blocos e cabeçotes brutos de alumínio em peças acabadas. As iniciativas também estão em linha com o programa “Think Blue. Factory.”

Para informações sobre a Volkswagen do Brasil, acesse: www.imprensavw.com.br

Galeria

Comentários

Publicidades

Mais Vistas

1

Cirurgia será transmitida em tempo real, via internet, do Centro Cirúrgico da Santa Casa

2

Liquidação Fantástica levará milhões de pessoas ao Magazine Luiza nesta sexta-feira

3

Bolsonaro amanhece com batom, maquiagem, brincos e colares em outdoor em São Carlos

4

Novo Golf produzido no México começa a chegar às concessionárias Volkswagen no Brasil

5

Advogado é o primeiro deficiente visual a receber carteira da OAB em São Carlos